Ciência

Já pode ouvir-se a primeira música gravada no espaço

Foi dada a conhecer, por ocasião deste Natal, a primeira música cantada e gravada no espaço. A balada "Jewel In The Night" foi interpretada pelo astronauta canadiano Chris Hadfield no interior da Estação Espacial Internacional (EEI).
Versão para impressão
Foi dada a conhecer, por ocasião deste Natal, a primeira música cantada e gravada no espaço. A balada “Jewel In The Night” foi interpretada pelo astronauta canadiano Chris Hadfield no interior da Estação Espacial Internacional (EEI).
 
A música que Chris Hadfield, que é agora o “comandante” da EEI, tocou e cantou foi escrita pelo seu irmão Dave e fala sobre o planeta Terra. De acordo com a imprensa internacional, esta será a primeira de muitas canções a ser gravada por Hadfield, que espera divulgar várias outras durante os próximos cinco meses em órbita.
 
Durante a gravação é possível ouvir o “burburinho” das ventoinhas da estação espacial, enquanto o astronauta – e também cantor – toca numa guitarra Larrivee P-01 Parlor que foi construída no Canadá e transportada para o espaço há mais de dez anos.

Ouça “Jewel In The Night”, a primeira música gravada no espaço
 
Embora possa parecer simples, tocar guitarra no espaço não é tarefa fácil: é necessário ajustar as mãos como se se estivesse em queda livre, o que significa, praticamente, reaprender tudo o que já se sabia.
 
Dave Hadfield, autor da canção e irmão de Chris, mostrou-se muito satisfeito após ouvir a sua interpretação. “Estou muito feliz pelo facto de o Chris a ter cantado. Faz muito bem ao astral poder tocar e cantar para outras pessoas”, afirmou, citado pelo jornal The Star.
 
O irmão do astronauta admitiu ainda que espera que Chris Hadfield escreva, também ele, algumas canções durante a sua estadia no espaço. “Espero que escreva qualquer coisa enquanto estiver lá em cima, algo que seja um reflexo do que ele vê. Estou ansioso para ver o que poderá resultar da experiência”, concluiu.
 
Veja abaixo a letra completa da música (em inglês):
 
So bright,
Jewel in the night,
There in my window below.
So bright,
Dark as the night,
with all of our cities aglow.
 
It’s long been our way,
To honor this day,
And offer goodwill to men.
And though,
Where ever we go,
It’s come around to Christmas again.
 
So far,
Shines every star,
There without limit to see.
So grand,
Faraway land,
Beckoning, calling to me.
 
And let it be shown,
Wherever we go,
In all of the wonders above.
With all that we bring,
There’s no finer thing,
Than this message, this promise of love.
 
Love for the families that gather below,
Love for the stranger that you’ll never know,
For those who are with you,
who wander above.
 
So bright,
Jewel in the night,
There lies the cradle we knew.
Home of,
All that we love,
And all of our memories too.
 
It shall be our way to wander away,
To take with us all that we know.
And never cease,
This message of peace,
From Bethlehem so long ago.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close