Inovação e Tecnologia

Internet: crianças portuguesas correm menos riscos

Os jovens portugueses são os que menos riscos correm online, de acordo com um estudo europeu, o EU Kids Online II, realizado este ano a mais de 23 mil crianças e jovens europeus entre os 9 e os 16 anos- sobre os riscos e segurança na internet.
Versão para impressão
Os jovens portugueses são os que menos riscos correm online, de acordo com um estudo europeu, o EU Kids Online II, realizado este ano a mais de 23 mil crianças e jovens europeus entre os 9 e os 16 anos- sobre os riscos e segurança na internet.

Cerca de 12% das crianças europeias dos 9 aos 16 anos dizem que já se sentiram incomodadas ou perturbadas por alguma coisa na internet. Portugal encontra-se abaixo desta média europeia com apenas 7% das crianças portugueses referiram terem-se já sentido em risco.

Os jovens portugueses estão, contudo, entre os que mais usam a internet (78%), fazendo-o maioritariamente a partir dos quartos.

De acordo com o EU Kids Online, Portugal é ainda um dos países onde mais crianças e jovens declaram já ter sentido bastantes vezes que estavam a fazer um uso excessivo da internet (49%), muito acima da média europeia (30%).

A Turquia e a Itália, são a par com Portugal os países com menor incidência de risco da Internet.

Para consultar todos os dados deste estudo e saber mais sobre as tendências de utilização pelos mais novos na internet clique aqui.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close