Ambiente

Indonésia fabrica papel a partir de estrume de elefante

Um parque indonésio em Bogor, região de Java Ocidental, na Indonésia, deu recentemente início à produção de papel reciclado a partir das fibras retiradas do estrume dos elefantes que vivem no local.
Versão para impressão
Um parque indonésio em Bogor, região de Java Ocidental, na Indonésia, deu recentemente início à produção de papel reciclado a partir das fibras retiradas do estrume dos elefantes que vivem no local.
 
De acordo com as agências de notícias internacionais, os animais que habitam aquele parque natural, cuja dieta é baseada em fibras e também em muitas plantas e outros tipos de vegetação, produzem cerca de quatro toneladas de fezes por dia. 
 
Uma vez que o sistema digestivo dos elefantes não é capaz de digerir totalmente a vegetação, o estrume tem muito material que pode ser usado como polpa no fabrico de papel e foi precisamente isso que os responsáveis do parque decidiram fazer, utilizando parte do estrume como fertilizante e parte para este fabrico.
 
Para produzir este papel reciclado – e ecológico -, as fezes são lavadas em tanque para remoção do odor. A fibra retirada do estrume é aquecida para eliminar as bactérias e, depois de removidas as fibras que não podem ser usadas, o material é levado para secagem. 
 
Segundo os responsáveis, estas fibras são desinfectadas e batidas, sendo a polpa resultante prensada e transformada em folhas de papel. 

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close