Desporto

Inclusão: Judoca Nuno Delgado vence Prémio da UE

Enquanto manteve uma carreira ativa de judoca, Nuno Delgado conquistou inúmeros prémios, incluindo a ambicionada medalha olímpica. O atleta continua a dar cartas fora das competições, tendo agora conquistando o Prémio Inclusão Social da UE.
Versão para impressão
Enquanto manteve uma carreira ativa de judoca, Nuno Delgado conquistou inúmeros prémios, incluindo a ambicionada medalha olímpica. O atleta continua a dar cartas fora das competições, tendo agora conquistando o Prémio Inclusão Social, atribuído pela União Europeia de Judo, graças à criação de um movimento cívico que engloba crianças de países lusófonos.
 
Nuno Delgado fundou o movimento Achieve, Collect & Give Back (AC&GB), que, além de pretender alertar para a importância da educação cívica e desportiva em crianças e jovens, tem como objectivo concreto a angariação de fundos para proporcionar blocos para aulas de judo gratuitas a jovens considerados em risco.
 
Em comunicado, Nuno Delgado refere que “a distinção da União Europeia de Judo é uma honra e uma motivação extra para todos quantos temos lutado pela afirmação do Achieve, Collect & Give Back”. O judoca deixa ainda o apelo: “esperamos que mais este reconhecimento internacional nos ajude também a sensibilizar empresas e instituições para contribuírem para esta causa.”
 
Segundo prémio internacional
 
Este é o segundo grande reconhecimento internacional atribuído ao AC&GB desde o seu início, no Verão de 2011. No ano passado, já tinha recebido o apoio da Fundação Nelson Mandela, depois de ter juntado mais de 4 mil crianças e jovens no Terreiro do Paço, em Lisboa, para a maior aula de judo do mundo – título registado no livro do Guinness. Já está agendada uma repetição do evento para o dia 7 de Maio deste ano, desta vez na Avenida dos Aliados, no Porto.
 
Recentemente, têm estado à venda nos supermercados LIDL pulseiras do movimento cívico para a recolha de fundos com a finalidade de ajudar a proporcionar a prática gratuita de judo a crianças e jovens desfavorecidos.
 
A atribuição do prémio, decidida com unanimidade pela União Europeia de Judo, vai ter lugar na gala anual da organização, a realizar-se no dia 28 de Abril na cidade de Chelyabinsk, na Rússia.

Para saber mais sobre o movimento cívico clique AQUI.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close