Em Destaque Mundo

Hora do Planeta atingiu recorde de países

Esta é uma iniciativa global contra as alterações climáticas
Versão para impressão
por redação

No passado dia 25 de março a Hora do Planeta juntou cerca de 187 países, dos quais mais de três mil monumentos e edifícios emblemáticos ficaram às escuras durante uma hora.

O momento gerou mais de 1,1 milhões de visualizações nas redes sociais em 24h, disse em comunicado a organização não-governamental ambientalista WWF (Fundo Mundial para a Natureza).

Foi relembrado, pela WWF, que 2016 foi o ano em que se registaram as temperatura mais altas, destacando que a iniciativa, que cumpriu o seu décimo aniversário, é mais necessária que nunca.

O diretor da iniciativa, Sid Das, disse que “uma vez mais, as pessoas têm falado através da Hora do Planeta. Se estás nas Filipinas, ou no Perú ou em Portugal, a mudança climática é importante e a participação recorde deste ano é um poderoso lembrete de que as pessoas que estão na vanguarda das alterações climáticas querem fazer parte da acção”.

A Torre Eiffel, a Ópera de Sydney, o Big Ben ou o Empire State Building foram alguns dos monumentos e edifícios simbólicos que ficaram sem luzes durante 60 minutos.

A Hora do Planeta foi promovida em Portugal em cerca de 140 municípios, o maior número de participações portuguesas até 2017.

 

notícia sugerida por Elsa Martins

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close