Mundo

Homem sem mãos constrói as próprias próteses

Um homem chinês que perdeu as duas mãos devido a uma explosão acidental decidiu criar as suas próprias próteses. Por não conseguir suportar os custos das verdadeiras, Sun Jifa estudou as possibilidades durante oito anos e concretizou a invenção.
Versão para impressão
Um homem chinês que perdeu as duas mãos devido a uma explosão acidental decidiu criar as suas próprias próteses. Por não conseguir suportar os custos das verdadeiras, Sun Jifa estudou as possibilidades e planeou a invenção, que concretizou com sucesso, durante oito anos.
 
Uma vez que as mãos biónicas recomendadas pelo hospital eram demasiado caras e que precisava de recuperar a independência e a capacidade de trabalhar na quinta da família em Guanmashan, numa província do norte da China, Jifa não se rendeu e esforçou-se por encontrar uma solução.
 
“Embora tenha sobrevivido ao acidente perdi as mãos e não tinha dinheiro para comprar umas falsas. Portanto, decidi fazer as minhas”, contou o homem, citado pelo Daily Mail. Ao longo de quase uma década, Jifa desenvolveu vários protótipos e, após muitas tentativas, conseguiu finalmente o que se desejava: duas “mãos” alternativas com todas as funções necessárias.
 
As mãos, feitas maioritariamente de metal, são capazes de segurar e agarrar graças a um conjunto de fios e pequenas rodas. “Controlo-as com os movimentos dos meus cotovelos e consigo trabalhar, viver com normalidade e alimentar-me como qualquer outra pessoa”, explicou. 
 
Segundo Jifa, o único senão é o facto de serem pesadas, o que faz com que os braços fiquem cansados com a utilização da prótese, e de “ficarem muito frias ou muito quentes nos picos do Verão e do Inverno”.
 
Ainda assim, as novas mãos deram-lhe uma nova vida e este inventor já tem outros objetivos em mente, nomeadamente o desenvolvimento de equipamentos semelhantes para outras pessoas com limitações físicas.
 
“Construí-as a partir do nada recorrendo, basicamente, a metal. Não há necessidade de pagar uma fortuna aos hospitais para as ter”, concluiu, revelando a intenção de evitar que milhares de chineses continuem a gastar valores elevadíssimos para obter as suas próteses.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close