Ambiente

Gato resgatado de incêndio já recuperou a 100%

O gatinho que os bombeiros de Loures resgataram de um incêndio já está cem por cento recuperado e já voltou para o seu dono.
Versão para impressão
O gatinho que os bombeiros de Loures resgataram de um incêndio já está cem por cento recuperado e já voltou para o seu dono. Sleepy esteve mais de três dias no Hospital dos Animais onde recebeu o acompanhamento médico necessário.
 
Foi no último sábado de Julho que uma corporação dos bombeiros de Loures acudiu a um incêndio num prédio em Santo António dos Cavaleiros. Depois de garantirem a segurança dos moradores do edifício, os bombeiros não hesitaram em dar assistência a dois gatos que viviam no andar por cima daquele que ardeu. 
 
Um dos animais já tinha falecido quando os soldados da paz intervieram, mas Sleepy foi assistido a tempo e, depois de gastarem uma garrafa de oxigénio no felino, os bombeiros conseguiram assegurar a sua sobrevivência.

O animal, de três anos de idade, foi inicialmente encaminhado para a clínica Vetsac, em Santo António dos Cavaleiros, mas depois foi reencaminhado para o Hospital dos Animais, em Odivelas. 

“Quando chegou, o gatinho esteve numa câmara de oxigénio, fez medicação e esteve 24 horas sob vigilância, tendo recuperado a 100 por cento”, conta ao Boas notícias o gestor do hospital, Mário Araújo. 

Bombeiros “orgulham Portugal”

Dadas as circunstâncias que conduziram o animal ao hospital (e que implicaram a perda de património das famílias das residências onde deflagrou o incêncio), o Hospital dos Animais apoiou financeiramente parte do tratamento, tendo oferecido, 50% de desconto na imagiologia e um desconto na oxigenoterapia que foi aplicada durante quatro dias.
 

Nesta história com um final feliz, Mário Araújo elogia especialmente o desempenho dos bombeiros, salientando “que os serviços de emergência do nosso país não têm formação, nem estão preparados para prestar primeiros-socorros a animais até porque, para além dos humanos, os outros seres vivos não têm personalidade jurídica”.

“Estes homens orgulham Portugal”, sublinha Mário Araújo. “Neste caso, o lado humano prevaleceu e espero que esta corporação sirva de exemplo”, acrescenta o gestor hospitalar. Por outro lado, diz o responsável, a “boa comunicação entre as diferentes entidades” também foi determinante no desfecho deste caso.
 
O Hospital dos Animais tem instalações em Odivelas e funciona 24 horas, assegurando todos os dias e a qualquer hora serviços de assistência na área da saúde animal, desde radiografias, ecografias, câmaras de oxigénio e acompanhamento médico, entre outros.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close