Sociedade

Festival Intercéltico de Sendim ganha estatuto europeu

NULL
Versão para impressão
O Festival Intercéltico de Sendim (FIS) foi incluído no roteiro dos principais festivais do género que se realizam na Europa, pelo Fórum Europeu de Festivais de Música Folk, anunciou no domingo a Agência Lusa.
 
Mário Correia, director do FIS, disse à Lusa que, por muitos que sejam os prémios e distinções acumuladas ao longo de todos estes anos, o que mais o satisfaz e motiva é a adesão e a fidelização de públicos que todos os anos acorrem ao festival.

Há já doze anos que este festival traz aos palcos músicas folk e tradicionais, e, segundo a organização, é já uma “referência obrigatória” no panorama musical europeu.

Este verão o certame terá lugar nos dias 5 e 6 de agosto, com produção e organização da responsabilidade do Centro de Música Tradicional Sons da Terra.

“A edição deste ano do FIS decorre sob o signo das línguas minoritárias, o que não acontece, de modo algum, por acaso, já que o evento decorre em pleno coração da Terra de Miranda, baluarte da língua mirandesa, onde vão ouvir-se cantos em asturiano (Corquieu), em basco (Xabi Aburruzaga), em bretão (Gwennyn) e em gaélico (Altan), estando o mirandês nas mãos de gente da terra (Célio Pires e Lenga-Lenga: Gaiteiros de Sendim)”, acrescentou Mário Correia.

Para além da música, o festival apresenta ainda um programa de atividades paralelas, tais como as rotas de descoberta da paisagem das arribas do Douro, os encontros informais de músicos e instrumentistas nas praças e esplanadas e a divulgação dos produtos locais.

“Damos ainda continuidade ao convívio entre os mais jovens gaiteiros das Terras de Miranda, através da realização do Gaiteiricos e do seu desfile pelas ruas de Sendim, e realizamos uma oficina de danças mirandesas, sem faltar a tradicional, e outrora muito apreciada, dança da bicha”, sublinhou o responsável.

 “Para os mais distraídos ou para aqueles que ainda pensam que no verão os festivais são todos consagrados ao pop/rock e seus derivados, vamos cumprir uma dúzia de anos que em Sendim, em pleno coração das Terras de Miranda, no Nordeste Transmontano, acontece um festival de música folk e tradicional, o FIS”, concluiu Mário, citado pela Lusa.

[Esta notícia foi sugerido por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close