©Andres Putting/Eurovisão
Cultura Em Destaque

Eurovisão reconquista famílias portuguesas

Estudo do IPAM sublinha impacto financeiro e reputacional do Festival para o país
Versão para impressão

 

Maioria dos portugueses diz que vai assistir ao Festival da Eurovisão (68%), representando um potencial aumento de cerca de 20% comparativamente aos 48,6% que habitualmente assiste; 69% dos inquiridos indica que a vitória do ano passado serve como motivação para assistir enquanto para 66% dos portugueses a realização do Festival pela primeira vez em Portugal é o verdadeiro motivo.

78,4% dos portugueses é cética quanto à possibilidade de Portugal poder vencer a competição; 82,1% dos portugueses indica ser positivo e muito importante a realização da edição de 2018 do Festival da Eurovisão em Portugal; Maioria dos portugueses considera que evento terá impacto em Portugal tanto no reconhecimento da capacidade do país para organizar grandes eventos como na notoriedade e no aumento de receitas diretas e indiretas.

O Festival da Eurovisão da Canção reconquistou as famílias portuguesas, de acordo com o estudo do IPAM sobre o impacto global deste grande evento de entretenimento junto da população portuguesa, realizado entre abril e maio de 2018, com a maioria dos portugueses a confirmar a sua intenção de assistir ao Festival (68%), registando-se um potencial aumento de cerca de 20% relativamente aos 48,6% que habitualmente não perde esta iniciativa.

De referir que para 66% dos inquiridos o facto do Festival se realizar, pela primeira vez, em Portugal é motivo para considerarem assistir à edição deste ano mas a maioria dos portugueses (69%) indica a vitória de Portugal em 2017 como a grande motivação para assistir à edição de 2018.

Relativamente à importância da realização do primeiro Festival da Eurovisão da Canção em Portugal, 82,1% da população inquirida indica ser positivo e muito importante a realização do Festival em Portugal, embora uma maioria de 78,4% revele estar cética quanto à possibilidade de Portugal poder vencer a competição.

O estudo identificou os indicadores que refletem o impacto positivo do evento para o país: a maioria dos inquiridos referiu a imagem de Portugal enquanto país com capacidade para organizar grandes eventos, seguindo-se a notoriedade e o aumento das receitas económicas referentes não só à organização do evento mas também ao aumento do número de turistas e de visitantes no país, durante este mês. Já a música portuguesa foi surpreendentemente considerada um indicador menos relevante por parte dos inquiridos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close