Mundo

Euromilionários pagam prótese a menino britânico

Um menino de 13 anos cuja perna foi amputada na sequência de um cancro vai receber uma prótese que lhe permitirá voltar a ter uma vida normal graças à generosidade de um casal escocês que venceu o Euromilhões e se ofereceu para ajudar.
Versão para impressão
Um menino de 13 anos cuja perna foi amputada na sequência de um cancro vai receber uma prótese que lhe permitirá voltar a ter uma vida normal graças à generosidade de um casal escocês que venceu o Euromilhões e se ofereceu para suportar todos os custos da cirurgia.
 
A perna de Kieran Maxwell teve de ser amputada no passado mês de Março depois de a criança ter sido diagnosticada com Sarcoma de Ewing, uma forma de cancro maligno nos ossos, rara e muito agressiva, em Outubro de 2010. 
 
Ainda assim, Kieran não se deixou abater e prova disso é que, em Junho,transportou a tocha olímpica num gesto que emocionou todos os presentes. Durante o percurso acabou por cair, mas com a ajuda dos que o acompanhavam chegou ao final do caminho com sucesso.
 
Ao conhecer a história do menino através de uma carta que lhes foi enviada pela avó de um dos seus amigos, Colin e Chris Weir, que ganharam 161 milhões de libras no Euromilhões, decidiram ajudar e doar parte do prémio para mudar a vida do pequeno Kieran.
 
“O que eles fizeram pelo Kieran pode ser uma pequena gota no oceano para eles, mas vai mudar a vida do meu filho”, afirmou Nicola Maxwell, mãe do menino, citada pela BBC. 
 
“Ele vai poder voltar a ser um menino normal. Voltar a ser ele próprio. Não há palavras para descrever a importância do que eles fizeram”, acrescentou a progenitora que contou que, quando soube da novidade, Kieran “começou a gritar e a dançar e não queria acreditar”. 
 
Já há bastante tempo que a família do menino estava a tentar angariar fundos para pagar uma prótese mais leve, uma vez que a que tem atualmente é muito pesada e lhe limita os movimentos. A situação emocionou o casal Weir que, com frequência, tem dado apoio monetário a causas que lhe são queridas.
 
“Quando ouvimos a história do Kieran e os esforços incríveis da sua família para angariar dinheiro para uma nova prótese, tivemos de ajudar. É um privilégio apoiá-los”, afirmou Colin Weir.
 
Apesar da ajuda prestada, os pais de Kieran vão continuar a angariação de fundos, sendo que as receitas passarão, agora, a reverter para o Toma Fund, um fundo destinado a ajudar adolescentes com cancro. Quanto ao menino britânico, voará para os EUA ainda esta semana, onde receberá a nova prótese.

Clique AQUI para aceder ao site do fundo do pequeno Kieran (em inglês).

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close