Desporto

EUA: Português vence “corrida mais dura do mundo”

Esta terça-feira, o atleta português Carlos Sá sagrou-se campeão da ultramaratona Badwater, nos Estados Unidos, num percurso de 135 milhas (cerca de 217 quilómetros) entre a baía de Badwater e o monte de Whitney.
Versão para impressão
Esta terça-feira, o atleta português Carlos Sá sagrou-se campeão da ultramaratona Badwater, nos Estados Unidos. Trata-se de uma corrida considerada a “mais dura do mundo”, que se estende por um percurso de 135 milhas (cerca de 217 quilómetros) entre a baía de Badwater e o monte de Whitney.
 

De acordo com a Lusa, o atleta de Barcelos dividiu a liderança da prova até à passagem das 90 milhas, mas depois acabou por se isolar na frente da corrida, conseguindo fazer uma gestão do esforço na subida final da competição.
 
Esta prova, disputada na zona do Vale da Morte, na Califórnia, teve início na baía de Badwater, a uma distância de 86 metros abaixo do nível do mar, e terminou no mone Whitney, a 4.421 metros de altitude, locais que correspondem aos pontos mais baixo e mais alto do território norte-americano, respetivamente.
 
O atleta de 39 anos já tinha batido este ano o recorde do Mundo com a subida ao Monte Aconcágua, na Argentina, o ponto mais alto da América e de todo o Hemisfério Sul, com 6.962 metros de altitude, e tinha conquistado o sétimo lugar na Maratona das Areias.

Clique AQUI para acompanhar a página oficial de Carlos Sá;

Notícia sugerida por Lídia Dinis, Ana Sofia Pinto, Elsa Martins, Raquel Baêta e David Ferreira

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close