Mundo

EUA: mais antiga trabalhadora reforma-se

NULL
Versão para impressão
Sally Gordon é já um dos ícones do Capitólio do Nebraska, EUA, onde trabalhou até esta terça-feira, mesmo com a idade avançada de 102 anos, um recorde no país que já a reconheceu como o trabalhadora mais antiga ainda a trabalhar no ativo.

"Ainda estou nova. Quero gozar a minha reforma", anunciou Sally, que chegou a assistir à construção do edifício onde trabalhou até agora e que foi inaugurado em 1927.

Viúva desde 1969, com quatro filhos, sete netos e seis bisnetos, Sally sempre foi reconhecida pelo seu porte irrepreensível e chapéus com estilo com que ia trabalhar. Continua a caminhar sete quarteirões para chegar ao trabalho, a fazer as compras, faz jardinagem e não vê televisão.

"Ela é um milagre", conta o filho de Sally, Jim Gordon, com 64 anos,ao jornal Washington Post. "Não sei outra forma de a descrever. Ela simplesmente continua, continua e continua", elogia o advogado .

Nascida em 1909, passou por entre 15 a 20 trabalhos durante os 84 anos de carreira desde secretária, repórter no tribunal ou modelo. "Tornou-se quase uma instituição por aqui. É um modelo para todos nós", declarou o Governador Dave Heineman que até ficou surpreendido com a notícia.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close