Mundo

EUA: Lei de imigração do Arizona suspensa

Uma juíza federal de Phoenix, no Arizona, suspendeu esta quarta-feira os pontos mais controversos da nova lei de imigração daquele estado norte-americano, que deveria entrar em vigor hoje e cujas restrições têm sido contestadas, inclusivamente pela A
Versão para impressão
Uma juíza federal de Phoenix, no Arizona, suspendeu esta quarta-feira os pontos mais controversos da nova lei de imigração daquele estado norte-americano, que deveria entrar em vigor hoje e cujas restrições têm sido contestadas, inclusivamente pela Administração Obama.

Bloqueada está, em particular, a disposição que permitia à polícia questionar “o estatuto de imigração de pessoa abordada, detida ou presa” por outras razões, se tivesse uma suspeita razoável de que aquela se encontra ilegal nos Estados Unidos.

A juíza bloqueou ainda as provisões da lei que obrigavam os imigrantes a andarem com documentos que provassem o seu estatuto legal, que impediam um imigrante ilegal de procurar ou realizar trabalho em organismos públicos e que autorizavam as detenções sem mandado nos casos de suspeita de que um indivíduo seria sujeito a deportação.

Na opinião da juíza, na nova lei existe “uma probabilidade substancial de que os agentes detenham erradamente imigrantes legais”.

Sete processos judiciais pedem a suspensão da lei, assinada pela governadora do Arizona, Jan Brewer, que qualificou a decisão judicial de como “um pequeno sobressalto”.

Ativistas em júbilo

A notícia do bloqueio da lei foi recebida com júbilo pela comunidade hispânica do Arizona e do resto dos Estados Unidos, segundo a agência Lusa que cita a Efe.

Grupos de ativistas contra a lei tinham marcado manifestações para quinta feira, que vão manter, mas possivelmente em dimensões menores.

“É uma vitória importante e celebramo-la, mas ainda é pequena, porque queremos uma mudança nas políticas repressivas contra os imigrantes no Arizona. Com ou sem a decisão da juíza, prosseguiremos com os nossos protestos e vigílias”, disse à Efe Nicole Torre, porta-voz de Promise Arizona, que agrega uma dezena de organizações envolvidas nas manifestações.

Calcula-se que existam no Arizona cerca de 460 mil imigrantes indocumentados, na maioria hispânicos, número que sobe para 12 milhões em todos os Estados Unidos.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close