Ciência

Estudo: Mulheres com mais de 70 anos têm o melhor sexo

Um estudo levado a cabo por uma investigadora norte-americana revela que as mulheres com mais de 70 anos têm o melhor sexo das suas vidas. As conclusões dão a conhecer que, apesar de praticado com menor frequência, o sexo torna-se muito mais intenso
Versão para impressão
Um estudo levado a cabo por uma investigadora norte-americana revela que as mulheres com mais de 70 anos têm o melhor sexo das suas vidas. As conclusões dão a conhecer que, apesar de praticado com menor frequência, o sexo torna-se muito mais intenso e prazeroso nas mulheres a partir desta faixa etária.
 
Iris Krasnow é docente de Jornalismo e Estudos Femininos e como objeto de estudo fez questão de entrevistar 150 mulheres, com idades entre os 20 e os 90 anos, sobre as suas vidas íntimas. A abordagem recaía sobre as diferentes fases da vida de cada uma: depois da faculdade, de dar à luz, da menopausa, da viuvez, entre outros.
 
Além disso, as entrevistas foram feitas a mulheres de várias faixas etárias, classes sociais, raças, culturas e religiões. No fim, feitas as comparações, os resultados acabaram por se revelar surpreendentes, com as mulheres mais velhas, com idades superiores a 70, a revelar-se as mais aventureiras e confiantes a nível sexual. 
 
“A ideia da mulher seca, frágil e enrugada aos 70 anos é coisa do passado”, diz a investigadora à BBC, segundo a qual tem-se tem vindo a assistir a um aumento da longevidade acompanhado de um aumento da atividade sexual em idades mais avançadas.
 
Para a autora, os avanços na medicina e a nível dos fármacos, uma boa alimentação e a prática regular de exercício físico, além de darem aso a uma vida mais prolongada, resultam numa população idosa sexualmente mais ativa e saudável.
 
Ainda assim, Krasnow defende que as duas acabam por estar diretamente relacionadas, com o sexo a contribuir para uma maior esperança de vida. “Mantém o coração ativo, o bom funcionamento do organismo, estimula os músculos do corpo. Tudo isso faz com que a vida continue”, conta.
 
Os resultados do estudo foram agora publicados no livro 'Sex After…: Women Share How Intimacy Changes as Life Changes', com a autora a colocar a seguinte questão: “O que é que é melhor que o sexo? É o vínculo que temos com a nossa juventude, aquilo que nos mantém novos, felizes e vivos”. 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close