Saúde

Estudo: Azeite reduz risco de problemas de circulação

Um estudo agora publicado no Journal of the American Medical Association revela que uma dieta mediterrânea à base de azeite ajuda a reduzir em mais de 65% os problemas de circulação arterial. As novas conclusões vêm, assim, dar a conhecer novos benef
Versão para impressão
Um estudo agora publicado no 'Journal of the American Medical Association' revela que uma dieta mediterrânea à base de azeite ajuda a reduzir em mais de 65% os problemas de circulação arterial. As novas conclusões vêm, assim, dar a conhecer novos benefícios deste tipo de alimentação para a saúde.
 
Entre os efeitos anteriormente conhecidos, sabia-se que a dieta mediterrânea, rica em azeite, ajuda a prevenir problemas cardiovasculares e a diabetes. Agora, o novo estudo aponta para uma redução em mais de metade do risco de enfarte do miocárdio, problemas circulatórios e também de acidentes vasculares cerebrais.
 
O mesmo foi feito com base nos hábitos alimentares de uma amostra de cerca de 7.500 cidadãos espanhóis e tem vindo a decorrer desde 2003, pelo nome 'PREDIMED'. Os homens participantes apresentavam idades entre os 55 e os 80 anos, enquanto que as mulheres iam desde os 60 aos 80 anos de idade. Nenhum possuía diagnóstico de problemas cardíacos, mas apresentavam risco 3.
 
Os mesmos foram divididos em três grupos: um incumbido de cumprir uma dieta mediterrânea rica em azeite extra virgem, outro uma dieta rica em frutos secos e um último, de controle, cujo regime alimentar era baixo em gorduras, quer vegetais, quer animais. 
 
“Verificámos que houve uma redução de 66% dos casos de má circulação entre as pessoas que seguiram uma dieta tipicamente mediterrânea, ou seja, que consumiram uma maior quantidade de azeite”, afirma Martínez-González, líder da investigação e professor de Medicina Preventiva da Universidade de Navarra, em Pamplona.
 
As doenças causadas por má circulação tendem a afetar cerca de 5% da população mundial com idade superior a 50 anos, nomeadamente fumadores, diabéticos ou pessoas com problemas de tensão ou colesterol.

Saiba mais AQUI.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close