Ambiente

Estuário do Tejo “completamente despoluído” em 2011

Quem o afirmou foi Simone Pio, vice-presidente da Administração da Região Hidrográfica do Tejo, referindo-se à conclusão de todas as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que vão impedir o descarregamento dos efluentes da área metropolitan
Versão para impressão
[Fotografia: © Osvaldo Gago]

Quem o afirmou foi Simone Pio, vice-presidente da Administração da Região Hidrográfica do Tejo, referindo-se à conclusão de todas as Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) que vão impedir o descarregamento dos efluentes da área metropolitana de Lisboa no rio Tejo.

“Todos os efluentes da área metropolitana de Lisboa serão, a partir de 2011, encaminhados para a ETAR de Alcântara e o conjunto destas infraestruturas de recolha e tratamento vai permitir que as águas residuais urbanas deixem de ser descarregadas, como efluente bruto, no estuário do Tejo”, explicou Simone Pio, citada pela agência Lusa.

A melhoria da qualidade de água vai permitir, por sua vez, reintroduzir várias espécies, como a ostra e as culturas regionais de arroz, bem como “a criação de troços navegáveis no rio”, com circuitos turísticos e a criação de portos náuticos e marinas.

Por outro lado, Miguel Angel Sanchez, porta-voz da Rede de Cidadania por uma cultura da água do Tejo/Tajo, movimento espanhol que congrega 70 associações, disse à agência Lusa que Tejo é “refém de interesses políticos e empresariais”.

“Não é possível que um rio como o Tejo não tenha os caudais mínimos em Portugal (…) a barragem de Alcântara (em Espanha) está hoje com 70% de água, uma quantidade que, só por si, dava para abastecer toda a população de Lisboa durante oito a nove anos”, acrescentou.

Simone Pio e Miguel Angel Sanchez prestaram estas declarações no sábado, aquando da sua participação na Festa da Água do Tejo, a decorrer em Vila Nova da Barquinha.

No evento, a comunidade científica e as populações ribeirinhas debatem a necessidade de proteção da água do Tejo, ao mesmo tempo que se realizam outras atividades como concursos de fotografia, ateliês de pintura, poesia à beira rio e espetáculos musicais.

[Notícia sugerida pela utilizadora Soraia Oliveira Gomes]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close