Negócios e Empreendorismo

Esplanadas e quiosques lusos nos Emirados Árabes

A portuguesa Larus continua a marcar pontos lá fora. A empresa de mobiliário urbano começou o ano com novos negócios internacionais e vai começar a exportar esplanadas e quiosques para o Magrebe e para os Emirados Árabes.
Versão para impressão
A portuguesa Larus continua a marcar pontos lá fora. A empresa de mobiliário urbano começou o ano com novos negócios internacionais e vai começar a exportar esplanadas e quiosques para o Magrebe (nordeste de África) e para os Emirados Árabes.
 
Os equipamentos desenvolvidos e produzidos em Albergaria-a-Velha irão mobilar vários espaços públicos junto à costa marítima, reforçando a intervenção da Larus em projetos internacionais de reabilitação urbana, no domínio da oferta turística e de infraestruturas de transportes públicos.
 
O negócio vem reforçar assim a estratégia de internacionalização da empresa, cujos produtos já marcam, há algum tempo, presença em Angola, Marrocos nos Emirados Árabes e também em vários países europeus como Espanha, Reino Unido, Bélgica, Alemanha, Áustria, Eslovénia. 

Pedro Martins Pereira, fundador da empresa, considera que a escolha da Larus em ambos os mercados se deve “à grande vantagem decorrente da herança cultural portuguesa – a empresa não impõe soluções, mas adapta-as à realidade local, às características ambientais ou culturais de cada país.

Todos os equipamentos projetados são alvo de um cuidado extremo, no que respeita à regulamentação e hábitos culturais locais e isso diferencia-nos”.


Com esta intervenção no espaço público, através do fornecimento de quiosques e esplanadas para o Magrebe e os Emirados Árabes, a Larus prevê faturar cerca de um milhão de euros.
 
Em comunicado de imprensa enviado ao Boas Notícias, Pedro Martins Pereira reforça que a Larus quer apostar, este ano, em geografias como  o norte de África e o Médio Oriente.

“Atualmente, no mundo árabe, o mar, que tinha sido esquecido por tanto tempo, está a ser recuperado e as comunidades costeiras estão a orientar as atividades de ócio e lazer para a primeira linha de costa, e o nosso mobiliário urbano está a ser bem aceite”.
 

Nos últimos dois anos, a Larus destacou-se nos mercados internacionais ao mobilar a Baía de Luanda, em Angola, a Medina de Casablanca, em Marrocos, ou o “Fortress Belt”, um projeto de reabilitação de uma linha de fortificações entre a Bélgica e a Holanda, construída entre os séculos XVI e XVIII.
 

 
A Larus é a marca portuguesa de mobiliário urbano que já conquistou importantes prémios nacionais e internacionais e que, em 2011, foi considerada a melhor empresa europeia na implementação do Design pelo Centro Europeu de Design.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close