Inovação e Tecnologia

Escola de Lamego recebe prémio Microsoft

A Escola básica de Várzea de Abrunhais, perto de Lamego, foi considerada pela Microsoft uma das tecnologicamente mais inovadoras do mundo. Os inúmeros vídeos e photo-stories publicadas pelos alunos no
Versão para impressão
A Escola básica de Várzea de Abrunhais, perto de Lamego, foi considerada pela Microsoft uma das tecnologicamente mais inovadoras do mundo. Os inúmeros vídeos e photo-stories publicadas pelos alunos no blog da escola chamaram a atenção da Microsoft.

Das 104 candidaturas apresentadas, oriundas de 41 países de todo o mundo, o projecto da escola de Abrunhais foi um dos 31 seleccionados pela equipa de avaliadores do programa, constituída por especialistas externos do Conselho Consultivo, líderes regionais dos “Parceiros na Educação” e colaboradores da Microsoft.

A escola de Lamego integra agora uma comunidade de elite mundial em que participam escolas inovadoras que, com o apoio da Microsoft, irão trabalhar em rede para contribuir para a transformação das práticas de ensino.





Maria do Carmo Leitão, directora da escola EB1 de Várzea de Abrunhais, explicou à televisão do Gabinete de Inovação, Formação e Tecnologias (TVKTVê) que bastou aliar a formação fornecida aos professores e o software do Magalhães para dar asas à imaginação dos alunos.

A maior parte dos trabalhos dos alunos são publicados no formato de photo-stories (pequenos vídeos com som feitos a partir de fotografias). Aquecimento global, dobragens criativas, peças de teatro e visitas de estudos são apenas alguns dos conteúdos dos trabalhos partilhados na net. Os vídeos podem também ser acedidos num canal do Youtube criado por Maria do Carmo para o efeito.

Em declarações à TSF, a professora Helena Gama garantiu que estas ferramentas motivam os alunos e dão-lhes uma nova autonomia: «Fazem os trabalhos, organizam de maneira a usar o Magalhães, e passa tudo a ser trabalhado de uma forma muito mais abrangente, com o acesso à Internet».

Adelaide Franco, responsável da área de Educação da Microsoft, disse à TVKTVê que a escola EB1 de Várzea de Abrunhais é um «exemplo único da boa prática da mobilização de professores, de alunos e das suas famílias para a utilização das novas tecnologias».

Um exemplo que já conquistou admiradores noutros países. Impressionado com o resultado, Leandro Namora, representante da Microsoft Brasil, que esteve presente na atribuição do prémio, admite que o Brasil quer aprender com o exemplo de Portugal e levar a mesma ideia para o outro lado do oceano.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close