Saúde

Empresário oferece ECMO ao Hospital de Gaia

O empresário português Américo Amorim, considerado o homem mais rico de Portugal, entregará esta semana ao Serviço de Cardiologia do Centro Hospitalar de Gaia/Espinho um aparelho de oxigenação ECMO (ExtraCorporeal Membrane Oxygenation) no valor de 50
Versão para impressão
O empresário português Américo Amorim, considerado o homem mais rico de Portugal, entregará esta semana ao Serviço de Cardiologia do Centro Hospitalar de Gaia/Espinho um aparelho de oxigenação ECMO (ExtraCorporeal Membrane Oxygenation) no valor de 50 mil euros.

O ECMO é um equipamento de unidade móvel que serve para ser aplicado em doentes em estado grave mas reversível, permitindo uma circulação extra-corporal parcial.

A oxigenação por membrana extra-corporal (ECMO) é uma técnica médica de suporte vital utilizada para se conseguir a depuração de dióxido de carbono e oxigenação do sangue de forma independente do pulmão.

O ECMO pode ser aplicado em casos como: choque séptico, síndrome de stress respiratório agudo e embolia pulmonar massiva ou ainda em casos de choque cardiogénico no contexto de enfarte agudo do miocárdio, avança aquela unidade hospitalar, em comunicado citado pelo jornal Negócios online.

Américo Amorim é empresário no setor da cortiça e fundador da Corticeira Amorim. Na edição da Forbes de 2010, Américo Amorim surge na 212.ª posição na lista das personalidades mais ricas do mundo, com uma fortuna avaliada em 4,0 mil milhões de dólares.

[Notícia sugerida pelo utilizador Vitor Fernandes]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close