Sociedade

Empresa portuguesa tem 60 vagas para engenheiros

A empresa tecnológica portuguesa Safira está a recrutar 60 engenheiros para trabalhar na área da programação. As vagas destinam-se tanto a recém-licenciados como a engenheiros experientes e o salário líquido de início de carreira é de 1.100 euros.
Versão para impressão
A empresa tecnológica portuguesa Safira está a recrutar 60 engenheiros para trabalhar na área da programação. As vagas destinam-se tanto a recém-licenciados como a engenheiros experientes e o salário líquido de início de carreira oferecido pela companhia situa-se nos 1.100 euros mensais.
 
A notícia é avançada pelo Diário Económico, que cita Sofia Anselmo de Carvalho, a diretora de recursos humanos da empresa, em atividade na área das tecnologias de informação. “Estamos a recrutar ativa e continuamente. A perspetiva de negócio levou-nos a aumentar a previsão do número de vagas para 2013. Começámos o ano em 40 e já vamos em 60. Praticamente todas as semanas entra alguém novo na Safira”, afirmou a responsável.
 
Segundo as declarações de Sofia Anselmo de Carvalho àquele jornal, os recém-licenciados (em engenharia informática, tecnologias de informação ou eletrotécnica, por exemplo), poderão ter na Safira uma boa oportunidade, entrando com direito a formação interna dada na academia recentemente inaugurada pela empresa.
 
A diretora de recursos humanos explicou ao Económico que o processo de recrutamento passa por várias entrevistas e testes técnicos e, depois de selecionados, entram com contrato sem termo “e praticamente todos ficam na empresa”, sublinhando que a taxa de retenção é “muito elevada” e que os casos de saída são muito raros.
 
Entre as qualidades valorizadas pela Safira estão a boa capacidade técnica, mas também as 'soft skills', como, por exemplo, a capacidade para trabalhar em equipa e para se relacionar com os clientes.
 
De salientar que, em 2012, a empresa tecnológica portuguesa atingiu os 7,1 milhões de euros de volume de negócios, um aumento de 20% face aos 5,8 milhões de euros registados no ano anterior e um valor significativamente superior ao objetivo traçado inicialmente: 6,5 milhões de euros.
 
Este ano, a Safira pretende atingir os 8 milhões de euros, reforçar a atividade no Reino Unido e Espanha, alavancar a receita no Médio Oriente e avançar para novos PALOPs, além de Angola, conforme adianta um comunicado enviado recentemente ao Boas Notícias.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes e Lídia Dinis]

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close