Gastronomia

Cozinha portuguesa integra guia Michelin de Nova Iorque

O restaurante de cozinha portuguesa Alfama faz parte das sugestões Michelin para 2013, um dos mais prestigiados guias turísticos de todo o mundo.
Versão para impressão
O restaurante de cozinha portuguesa Alfama faz parte do guia Michelin de Nova Iorque, nos Estados Unidos da América. O ambiente do estabelecimento e os seus petiscos, com especial destaque para o marisco, garantiram a sua presença entre a oferta turística da cidade para este ano.
 
Segundo o guia, os clientes “adoram o ambiente descontraído, mas elegante” do Alfama, sendo aconselhados a provar o frango grelhado com piri piri e o marisco, considerado “a estrela” do menu do chefe nacional Carlos Arriaga.
 
Entre um universo de mais de 20 mil restaurantes da cidade de Nova Iorque, o prestigiado guia Michelin destacou 896 estabelecimentos, com 61 cozinhas diferentes.
 
Miguel Jerónimo, proprietário do restaurante, explicou à agência Lusa que “é muito difícil ter uma boa crítica do Michelin”, afirmando que “os críticos do guia vieram anónimos, como clientes normais, e gostaram”.
 
Juntamente com o seu sócio Tarcísio Machado, Miguel Jerónimo refere que sempre teve um “desejo pela arte de bem receber, pela cozinha portuguesa”, e afirma que “em Manhattan quase não havia restaurantes portugueses” nos anos 90, época em que se mudou para a cidade.
 
O Alfama foi inaugurado em 1999 no bairro nova-iorquino de Greenwich Village e realizou o sonho dos fundadores de criar uma “embaixada gastronómica de Portugal em Nova Iorque”. 
 
“Conseguimos criar uma clientela, que é o mais difícil em Nova Iorque, com portugueses, lusodescendentes, brasileiros e também muitos americanos que visitam Portugal e querem rever a comida”, explica Miguel Jerónimo.
 
Celebridades como o ator Al Pacino, a escritora J. K. Rowling, a cantora e pianista Nora Jones ou a cabo-verdiana Cesária Évora foram servidos pelo Alfama, antes de este fechar em 2009 após o senhorio duplicar a renda do estabelecimento.
 
Em Maio de 2011, os sócios reabriram a cozinha portuguesa na zona de Midtown, em Manhattan, com “95% de vinhos portugueses” na carta e atuações de fado nas noites de quarta-feira. Miguel Jerónimo explica que o género musical não é muitas vezes entendido pelos norte-americanos, mas que “vão perguntando e adoram”. 
 
[Notícia sugerida por Raquel Baêta, Ana Oliveira e Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close