Saúde

Comer fruta antes das compras incentiva opções saudáveis

Se quer fazer opções alimentares mais saudáveis mas não consegue resistir ao corredor dos chocolates e das bolachas quando vai às compras, a solução pode ser mais simples do que imagina: basta comer uma maçã antes de ir ao supermercado.
Versão para impressão
Se quer fazer opções alimentares mais saudáveis mas não consegue resistir às tentações que lhe sorriem no corredor dos chocolates e das bolachas quando vai às compras, a solução pode ser mais simples do que imagina: basta comer uma maçã antes de ir ao supermercado. 
 
A conclusão é de uma investigação norte-americana, que assegura que a ingestão de um 'snack' saudável como uma peça de fruta antes das idas às compras ajuda, não só, a diminuir a sensação de fome durante a presença no supermercado, como incentiva, também, os compradores a escolherem produtos mais saudáveis.
 
Os cientistas da Universidade de Cornell, nos EUA, levaram a cabo três estudos diferentes de pequenas dimensões para apurar se aqueles que consumiam um 'aperitivo' saudável antes da ida às compras tinham, depois, tendência a optar por alimentos mais benéficos para a saúde. 
 
No âmbito do primeiro estudo, 120 compradores foram, aleatoriamente, divididos em três grupos à chegada ao supermercado: um deles recebeu uma maçã para provar, outro recebeu amostras de biscoitos e um terceiro não recebeu qualquer produto, revela um comunicado.
 
Segundo a equipa, coordenada pelo investigador Aner Tal, aqueles que foram convidados a provar uma maçã compraram uma percentagem 28% superior de fruta e vegetais durante a passagem pelo supermercado à dos que os que receberam biscoitos e adquiriram, também, 25% mais produtos saudáveis do que os que não foram contemplados com amostras.
 
No segundo e terceiro estudos, os participantes fizeram compras 'online', mas os resultados repetiram-se, com os investigadores a constatar que o que mais influencia o comportamento dos pacientes depois de provarem uma amostra não é o facto de esta ser saudável mas o facto de dar aos compradores a sensação de o ser.
 
“As descobertas sugerem que os supermercados podem encorajar as pessoas a comprar mais produtos frescos oferecendo, por exemplo, provas de frutas e vegetais aos clientes quando estes entram na loja”, sugerem os autores da investigação publicada, a semana passada, na revista científica Psychology & Marketing.
 

Clique AQUI para aceder ao estudo (em inglês). 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close