Cultura

Cinema: Festival de Língua Neerlandesa está de volta

A 3ª edição de Cinema Bioscoop - Festival de Cinema em Língua Neerlandesa arranca esta sexta-feira, no Cinema São Jorge e na Cinemateca Portuguesa. Durante três dias, serão exibidas obras de realizadores contemporâneos e de autores consagrados.
Versão para impressão
A 3ª edição de Cinema Bioscoop – Festival de Cinema em Língua Neerlandesa arranca esta sexta-feira, no Cinema São Jorge e na Cinemateca Portuguesa. Durante três dias, serão exibidas obras de realizadores contemporâneos e de autores consagrados. O evento conta ainda com atividades paralelas.

Cinema Bioscoop traz a Lisboa cinematografia em língua neerlandesa – popularmente conhecida como ‘holandês’-, com o objectivo de divulgar a língua e a cultura dos países em que o neerlandês é falado.

Este ano, o programa é composto por 24 obras, entre curtas e longas-metragens, de ficção ou documentais, provenientes dos Países Baixos e da Bélgica.

 
De entre a programação, destaque para o filme de abertura, Matterhorn, primeira longa-metragem do realizador neerlandês Diederik Ebbinge, prémio do
público no Festival Internacional de Cinema de Roterdão e no Festival Internacional de Cinema de Moscovo, em 2013 ou VIOLET, de Bas Devos, jovem argumentista e realizador flamengo, que com esta primeira longa venceu o prémio Generation Plus no Festival de Cinema de Berlim em 2014.
 
Destaque ainda para duas curtas-metragens, “Tudo é permitido” e “Marc Jacobs”, integradas no bloco de curtas-metragens com que se inicia a programação do Festival no Cinema São Jorge. 

Além do cinema atual, o Cinema Bioscoop presta também homenagem a realizadores consagrados. Na Cinemateca Portuguesa há mostras dedicadas ao documentarista neerlandês Bert Haanstra (1916-1997) e a Kees Hin (1936), um dos mais profícuos realizadores neerlandeses.

Kees Hin, e outros realizadores, são convidados especiais do Cinema Bioscoop e estarão presentes para conversar com os espetadores sobre os filmes exibidos.

O evento traz ainda palestras sobre língua e literatura, por David Bracke e Nout Van Den Neste, respectivamente, e uma exposição de fotografia de José Manuel Rodrigues (Prémio Pessoa 1999), na Cinemateca Portuguesa.
 

 

Saiba mais AQUI.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close