Ciência

Cientistas descobrem origem da calvície

Investigadores da Escola de Medicina da Universidade da Pennsylvania, nos EUA, descobriram que as células tronco têm um papel determinante na calvície depois de detetarem um defeito no modo como estas se concentram nos folículos pilosos responsáveis
Versão para impressão
Investigadores da Escola de Medicina da Universidade da Pennsylvania, nos EUA, descobriram que as células tronco têm um papel determinante na calvície depois de detetarem um defeito no modo como estas se concentram nos folículos pilosos responsáveis pela produção de cabelo.

O estudo conclui assim que o problema não é a perda de cabelo, mas como é produzido. As células estão vivas, apenas funcionam mal. Os especialistas esperam com esta descoberta poder curar a longo prazo calvície, assim que se conseguir restabelecer as funções normais destas células.

De acordo com o responsável do Departamento de Dermatologia da Universidade, Dr. George Cotsarelis, a calvície “ocorre porque estas células estaminais estão por alguma razão bloqueadas”, explicou o especialista à CBS.

No estudo, os investigadores observaram que nas zonas com calvície existe o mesmo número de células estaminais que nas zonas normais, e a única diferença reside na diminuição de células maduras no couro cabeludo calvo.

Aceda ao estudo completo clicando aqui.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close