Mundo

China quer comprar dívida da Grécia

Durante a sua visita oficial à Grécia, o primeiro ministro chinês, Wen Jiabao, deu o seu "voto de confiança" ao futuro daquele país europeu e prometeu-lhe um importante apoio financeiro em troca da participação na construção de grandes infraestuturas
Versão para impressão
Durante a sua visita oficial à Grécia, o primeiro ministro chinês, Wen Jiabao, deu o seu “voto de confiança” ao futuro daquele país europeu e prometeu-lhe um importante apoio financeiro em troca da participação na construção de grandes infraestuturas.

A China comprometeu-se ainda a apoiar a Grécia quando o país, atingido por uma grave crise financeira, recorrer aos mercados internacionais, no próximo ano, para obter empréstimos a longo prazo.

“A China vai fazer um grande esforço para apoiar os países da Zona Euro e da Grécia, a fim de ultrapassarem a crise económica, participando na compra de novos títulos da dívida gregos”, quando o país regressar aos mercados, afirmou o primeiro-ministro chinês, numa conferência de imprensa conjunta com o seu homólogo grego, Georges Papandreou.

Estas declarações surgem a apenas alguns dias da realização da 13ª cimeira anual UE/China. A conjuntura económica será, naturalmente, destacada, mas as alterações climáticas, a não proliferação nuclear e a energia serão outros dos pontos de debate.

“É de crucial importância que a China e a Europa mantenham estabilidade económica, ultrapassem a crise e restaurem o crescimento”, disse Fu Ying, vice-ministra chinesa dos Negócios Estrangeiros, antes do início desta visita à Grécia.

Pelas contas chinesas, nos primeiros oito meses deste ano o comércio entre a China e a UE excedeu os 300 mil milhões de dólares (225 mil milhões de euros), mais 36,2% que em igual período de 2009.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close