Ambiente

China: Campanha quer acabar com a morte de tubarões

NULL
Versão para impressão

Na China, uma campanha pretende acabar com a matança de tubarões para fins como a alimentação. As barbatanas destes animais são utilizadas numa sopa tradicional chinesa e têm um custo muito elevado.

Em Pequim, uma exposição sensibiliza os seus visitantes, mostrando como é feita a extração das barbatanas. Estas são cortadas dos tubarões, ainda vivos, secadas e vendidas para restaurantes.

Os peixes são devolvidos ao mar, sem barbatana, e sangram até à morte, apesar de muitos acreditarem na sua sobrevivência.

A sopa de barbatana de tubarão, considerada com propriedades afrodisíacas, é extremamente cara, tendo-se transformado num símbolo de status na China – apesar da falta de gosto e valor nutritivo da barbatana.

Segundo a organização internacional WildAid, dezenas de milhões de tubarões são mortos por ano para a produção desta sopa.
 
“Esta exposição mostra a ligação entre o prato que está na sua mesa e a sua origem, um belo animal cuja população está em declínio”, disse à BBC a ativista Lei Chen Wong.

Nesta campanha, participa ainda o mais famoso atleta chinês, o ex-jogador de basquete Yao Ming.

A mensagem é simples: “Quando pararem de comprar, a morte de tubarões pode parar também”, diz Ming num anúncio.

Clique AQUI para aceder ao site oficial da campanha.

 

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close