Mundo

Capital Humano nacional em 30º lugar entre 122 países

Portugal está em 30º lugar em termos de desenvolvimento de capital humano, numa lista de 122 países. O 'ranking' Human Capital Index, divulgado esta quarta-feira, avalia quatro pilares fundamentais de cada nação de maneira a determinar a capacidade d
Versão para impressão
Portugal está em 30º lugar em termos de capital humano, numa lista de 122 países. O ‘ranking’ Human Capital Index, divulgado esta quarta-feira, avalia quatro pilares fundamentais de cada nação de maneira a determinar a sua capacidade de crescimento económico.

Na introdução do relatório, o World Economic Forum (que realizou o estudo) sublinha que esta análise ao capital humano de 122 países de todo o mundo é fundamental para perceber quais as hipóteses de sucesso económico de cada nação, a longo prazo. 

O Index foi realizado com base em 51 indicadores distribuídos por quarto pilares principais – educação; saúde e bem-estar; emprego e competências laborais; oportunidades do sistema. Os valores de cada indicador foram obtidos a partir de dados fornecidos por entidades nacionais e internacionais como a Organização Mundial de Saúde (OMS).

A melhor classificação de Portugal surge ao nível da saúde e bem-estar onde o nosso país ocupa a 23º lugar. Também em termos de oportunidades do sistema Portugal surge bem classificado na 29ª posição. Em termos de emprego e competências laborais, Portugal fica na 34ª posição do ‘ranking’ e na área da educação arrecada a pior nota ocupando o 37º lugar da lista.

O top 10 do ‘ranking’ é ocupado sobretudo por países europeus (sendo que todas as nações da Europa do norte integram a liderança do ‘ranking’) que conquistam 8 dos 10 primeiros lugares.

No entanto, o pódio, liderado pela Suíca, inclui um país asiático, Singapura, na 3ª posição. O 2º país com melhor desenvolvimento de capital humano é a Finlândia. Além dos países da Europa do Norte e de Singapura, também a Alemanha, o Reino Unido e o Canadá estão nos primeiros 10 lugares do ‘ranking’.

“Estes indicadores são uma nova forma de resumir e detetar o estado do desenvolvimento humano em todo o mundo”, diz a introdução do documento, onde se lê ainda que “o capital humano de uma nação — as competências e as capacidades dos seus cidadãos que são rentabilizadas – podem ser mais determinantes em termos de sucesso económico do que qualquer outro recurso”.

Clique AQUI para consultar o relatório completo.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close