Mundo

Brasil multa empresas que paguem menos a mulheres

O Senado Federal brasileiro aprovou, esta terça-feira, um programa que pretende promover a igualdade de salários entre homens e mulheres em empresas públicas e privadas.
Versão para impressão
O Senado Federal brasileiro aprovou, esta terça-feira, um programa que pretende promover a igualdade de salários entre homens e mulheres em empresas públicas e privadas.
 
A multa estipulada pelo projeto é de cinco vezes a diferença entre os salários durante todo o período de contratação da funcionária. 
 
O projeto foi relatado pelo presidente da Comissão de Direitos Humanos (CSH),  Paulo Paim, e na Comissão de Assuntos Sociais, pelo senador Waldemir Moka. Em ambos os casos, o parecer foi pela aprovação integral do projeto. 
 
A proposta foi aprovada pela CSH no Senado e já foi aprovada em Câmara. Caso não haja pedido para que a lei seja votada em público – situação que será pouco provável – resta a última palavra da presidente Dilma Rousseff para que a medida possa ser implementada.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close