Saúde

Bombeiros vão passar a usar desfibrilhadores

Esta quarta feira, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) vai entregar desfibrilhadores automáticos externos a trinta corporações de bombeiros, que a partir de janeiro poderão começar a usar o aparelho nas ambulâncias que operarem.
Versão para impressão
[Fotografia: © Science Photo Library]

Esta quarta feira, o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) vai entregar desfibrilhadores automáticos externos a trinta corporações de bombeiros, que a partir de janeiro poderão começar a usar o aparelho nas ambulâncias que operarem.

Estas corporações passam, assim, a integrar o Programa de Desfibrilhação Automática Externa. Segundo as autoridades de saúde, a medida permitirá prestar melhor assistência médica às vítimas de paragem cardio-respiratória e, consequentemente, melhorar a qualidade do serviço prestado aos cidadãos.

De acordo com a agência Lusa, a formação para o uso dos desfibrilhadores já foi dada aos bombeiros, pelo que as ambulâncias do INEM operadas pelas corporações vão estar a postos logo a partir do início do novo ano.

O desfibrilhador externo é um dispositivo portátil que permite, através de elétrodos colocados no tórax de uma vítima em paragem cardio-respiratória, analisar o ritmo cardíaco. Regista som, eletrocardiograma, fornece indicações aos reanimadores, analisa os dados e recomenda ou não o choque elétrico.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close