Cultura

Biblioteca do Vaticano reabre três anos depois

A Biblioteca Apostólica Vaticana vai reabrir no próximo dia 20 de setembro depois de ter estado encerrada durante três anos para trabalhos de restauração e instalação de novas medidas de segurança para proteger o extenso património literário que remo
Versão para impressão
A Biblioteca Apostólica Vaticana vai reabrir no próximo dia 20 de setembro depois de ter estado encerrada durante três anos para trabalhos de restauração e instalação de novas medidas de segurança para proteger o extenso património literário que remonta ao século III.

Os arquivos da Biblioteca Vaticana contêm 150 mil manuscritos e 1 milhão de livros, dos quais 8,4 mil são dos primórdios do século XVI, e quase 300 mil moedas e medalhas distribuídas em diferentes salas.

Além de mudar o piso de algumas das salas e de incorporar dois novos elevadores, um novo sistema de climatização e controle da humidade permitirá melhorar a conservação dos documentos, muitos dos quais exigem cuidados especiais devido à antiguidade.

O Vaticano investiu 25 milhões de euros, financiados em parte pela própria biblioteca com ajuda de patrocinadores italianos e internacionais.

Para ter acesso à biblioteca é preciso ser um especialista em publicações, professor universitário ou estudioso que prepara um doutorado.

O próximo desafio é digitalizar os documentos. Calcula-se que serão necessários dez anos para realizar esta tarefa, de acordo com a AFP.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close