Mundo

Bebé somali recupera de desnutrição aguda

NULL
Versão para impressão

Um bebé somali que se encontrava num estado de desnutrição aguda, pesando menos aos sete meses do que muitos recém-nascidos, está novamente saudável e com um peso adequado à sua idade. Há três meses, uma foto mostrando um menino esquelético que poucos acreditavam que pudesse sobreviver comoveu o mundo. Porém, o milagre aconteceu e Minhaj Gedi Farah recuperou.

Minhaj encontrava-se internado e muito fragilizado no campo de Dadaab, no Quénia, que recebe muitos somalis que tentam escapar à violência e à crise humanitária. Pesava pouco mais de três quilos. Porém, graças ao International Rescue Commitee, organização não governamental, foi tratado, conseguiu chegar aos oito quilos e nem parece o mesmo.

Uma das enfermeiras que monitorizaram o tratamento da criança confessou à Associated Press que os próprios pais começavam a perder a esperança na recuperação de Minhaj, mas a força do bebé surpreendeu todos e trouxe de novo a alegria à família. Além disso, o menino tem feito muitos progressos. “Agora ele já consegue comer, é capaz de se sentar sozinho e de gatinhar”, conta Sirat Amin

Embora o sucesso de Minhaj tenha sido destacado, a organização alertou para o facto de este tipo de casos ser a exceção e não regra. Atualmente, com os esforços da ONU e de outras agências humanitárias independentes, a ajuda chega apenas a 2,2 milhões dos 4 somalis que necessitam de ser apoiados, não só na Somália como nos campos de refugiados quenianos.

[Notícia sugerida por Patrícia Costa]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close