Inovação e Tecnologia

Avião solar aterra após 14 dias de voo

Um avião ultraleve sem piloto e movido a energia solar aterrou esta sexta-feira no Arizona, oeste dos Estados Unidos, após 14 dias e 21 minutos de voo, confirmou à AFP um porta-voz do grupo QinetiQ, fabricante do protótipo.
Versão para impressão
Um avião ultraleve sem piloto e movido a energia solar aterrou esta sexta-feira no Arizona, oeste dos Estados Unidos, após 14 dias e 21 minutos de voo, confirmou à AFP um porta-voz do grupo QinetiQ, fabricante do protótipo.

O avião “Zephyr aterrou às 7h04 locais, o que significa que esteve no ar durante 14 dias e 21 minutos. Esperamos a confirmação oficial de recordes mundiais da Federação Internacional de Aviação”, disse, em Londres, a porta-voz do grupo, Claire Scotter.

O Zephyr, com 22,5 m de envergadura e 50 kg, iniciou o voo em 9 de julho, a partir da base de testes militares do exército norte-americano em Yuma (Arizona).




Construído com fibra de carbono, o Zephyr alimenta-se através de painéis solares fixados nas asas que captam energia durante o dia e a armanezam numa bateria que prolonga o funcionamento da areonave durante a noite.

O recorde mundial anterior, também registrado por um Zephyr do QinetiQ, era de 30 horas e 24 minutos de voo, alcançado em 2001.

Segundo o QinetiQ, o Zephyr pode ser utilizado para observar o solo ou transmitir comunicações durante operações militares.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close