Desporto

Australiano deu volta ao mundo a correr em 622 dias

Um corredor australiano chegou hoje à Casa da Ópera, em Sidney, depois de dar a volta ao mundo e percorrer seis continentes, num total de 20 mil quilómetros que obrigaram a gastar 17 pares de ténis.
Versão para impressão
Um corredor australiano chegou esta sexta-feira à Casa da Ópera, em Sidney, depois de dar a volta ao mundo e percorrer seis continentes, num total de 26 mil quilómetros que obrigaram a gastar 17 pares de ténis. Portugal foi um dos locais que Tom Denniss atravessou nesta sua viagem com a qual cumpriu um novo recorde do Guinness.
 
De acordo com os meios de comunicação locais, citados pela agência EFE, Tom Denniss correu o equivalente a uma maratona diária (42 quilómetros) durante 622 dias, ou seja, cerca de 20 meses. A corrida começou no dia 31 de Dezembro de 2011, na Casa da Ópera, em Sidney.

Portugal foi o primeiro local de passagem de Tom Denniss pela Europa, sendo possível visualizar dezenas de fotos de várias zonas do país – da Ericeira, da Lourinhã, de Rio Maior e de Torres Novas, entre outras – no site oficial do atleta.

Image and video hosting by TinyPic

Tom Denniss no largo da Ericeira, onde ficou alojado no Hotel Vilazul

No total, Tom correu mais de 26 mil quilómetros, batendo o recorde do dinamarquês Jesper Olsen que, em 2005, tinha feito uma volta ao mundo a correr em 662 dias. Neste percurso, o australiano conseguiu ainda angariar 44 mil euros para a Oxfam (organização de combate à pobreza) da Austrália.

Tom Denniss é doutorado em matemática e oceanografia e é fundador da empresa Oceanlinx, que desenvolveu uma tecnologia para transformar energia das ondas em eletricidade.

O corredor australiano foi acompanhado nesta aventura pela sua mulher, Carmel Denniss, que registou toda a viagem com a câmara fotográfica. 
 

Image and video hosting by TinyPic
O corredor australiano, em Torres Novas, junto à Tarambola

“Nunca pensei seriamente em desistir. Sinto-me mais forte agora do que quando comecei. Acho que me acostumei”, disse o corredor, australiano, citado pela rádio ABC, quando faltavam dez quilómetros para chegar ao ponto de partida.
 

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close