Negócios e Empreendorismo

Austrália: Especialistas portugueses extraem cortiça

O grupo português Cork Supply e uma equipa de corticeiros alentejanos foram à Austrália para participar na primeira extração de cortiça de um sobral de 64 árvores, com 43 anos de idade.
Versão para impressão
O grupo português Cork Supply e uma equipa de corticeiros alentejanos foram à Austrália para participar na primeira extração de cortiça de um sobral com 43 anos de idade.

As técnicas de descortiçamento portuguesas foram aplicadas em 64 árvores da Barossa Valley, a maior região de produção de vinhos do país e um dos destinos mais procurados para turismo vinícola a nível mundial.

 
Ao longo de quatro dias, os portugueses ajudaram a extrair a cortiça de todos os sobreiros da adega Orlando Wines que apresentavam “excelente vigor e sanidade vegetativa”. As árvores tiveram de ser previamente irrigadas para facilitar a extração da cortiça, tendo em conta o período seco do ano que se vive naquele país.
 
“A operação acabou por revelar uma cortiça de qualidade superior, demonstrando que o sobreiro português encontra boas condições de vegetação e produção nesta região”, explica a direção da Cork Supply em comunicado enviado ao Boas Notícias.
 
“Dentro de 9 anos, a cortiça volta a ser retirada para dar início à produção das primeiras rolhas de cortiça australianas, um facto histórico que marcará para sempre o futuro daquela região que hoje ocupa o 7º lugar na produção mundial de vinho”, acrescenta.
 
As 64 árvores foram plantadas em 1970 em três locais distinto da Barossa Valley, com o intuito de tornar a Orlando Wines a única produtora no mundo de rolhas para os seus próprios vinhos. A espera de 43 anos para a extração teve em conta o tempo necessário para a produção de cortiça de qualidade.
 
A Cork Supply diz ainda, no mesmo comunicado, que a iniciativa de descortiçamento “suscitou grande interesse por parte da comunidade local e da família viticultora de Barossa Valley, uma das melhores regiões produtoras de vinhos de qualidade na Austrália”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close