Ambiente

Amazónia: Mais 24 milhões de hectares protegidos

Foram criados 24 milhões de hectares de área protegida na floresta da Amazónia, durante a primeira fase do Programa de Áreas Protegidas da Amazónia (Arpa).
Versão para impressão

Foram criados 24 milhões de hectares de área protegida na floresta da Amazónia, durante a primeira fase do Programa de Áreas Protegidas da Amazónia (Arpa). Em 2015, o governo brasileiro quer um total de 60 milhões de hectares protegidos na floresta, avança esta quarta-feira a imprensa brasileira.

Na avaliação da ministra brasileira do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, o resultado é fundamental para se alcançar a meta da segunda fase do programa, de 60 milhões de hectares protegidos até 2015.

Na primeira etapa do Arpa, já concluída, foi investida uma quantia equivalente a 86 milhões de euros, de acordo com a Agência Ambiente Energia. O montante total necessário para a segunda fase está estimado em 91 milhões de euros.

Izabella Teixeira sublinhou ainda a importância de consolidar as áreas já protegidas, fortalecendo as parcerias com os governos estaduais. O montante aprovado para a segunda fase vai ser geridos pelos vários estados, tendo em conta as necessidade e prioridades locais.

Lançado em 2002, sob a coordenação do Ministério do Meio Ambiente, o Arpa conta como parceiros financeiros instituições internacionais como o Fundo para o Meio Ambiente Global (GEF), o KfW (banco alemão de desenvolvimento) e a Fundação Mundial para a Vida Selvagem (WWF).

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close