Inovação e Tecnologia

Amarante: Cineclube atrai público nas redes sociais

O Cineclube de Amarante, em funcionamento há 15 anos e o único que mantém atividade regular no interior do distrito do Porto, está a apostar nas redes sociais na Internet e num blogue para tentar conquistar mais público para as suas sessões.
Versão para impressão
O Cineclube de Amarante, em funcionamento há 15 anos e o único que mantém atividade regular no interior do distrito do Porto, está a apostar nas redes sociais na Internet e num blogue para tentar conquistar mais público para as suas sessões.

No final da década de 90, o clube apresentava até quatro sessões, incluindo algumas ao fim de semana. Contudo, com a concorrência das salas dos centros comerciais, sobretudo do Porto, e dos filmes em DVD, o número de espetadores foi decrescendo no Cinema Pascoaes, o que causou dificuldades financeiras ao clube.

Assim surgiu a ideia de divulgar a programação do cineclube e, até, oferecer alguns bilhetes de cinema nas redes sociais, nomeadamente no Facebook, e também num blogue.

“A afluência média por sessão anda atualmente nas 30 pessoas, mas estamos a promover algumas estratégias para captar mais público. Criámos um blog, listas de endereços de correio eletrónico para onde enviamos a nossa programação e aderimos ao Facebook, que é uma ferramenta fácil de usar”, explicou Manuel Carvalho, presidente do cineclube de Amarante, em declarações à agência Lusa.

“Já temos registadas mais de 200 pessoas. Acredito que presentemente o Facebook, onde oferecemos alguns bilhetes, será a forma mais eficaz de divulgar a nossa atividade e esperamos que isso traga mais gente às sessões, mas ainda é cedo para fazermos um balanço”, acrescentou o responsável.

Neste verão, além de iniciativas para assinalar o 15.º aniversário do clube, nomeadamente o tributo ao poeta amarantino Teixeira de Pascoaes, foram apresentadas três sessões ao ar livre no centro da cidade, todas projetadas em 35 milímetros.

Manuel Carvalho frisa ainda que a programação do cineclube privilegia “a exibição de obras cinematográficas de origem europeia e asiática, visando desta forma a possibilidade de os amarantinos acederem cinematografias menos divulgadas no circuito comercial”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close