Sociedade

Alunos portugueses melhoram desempenho a Matemática

Portugal foi um dos 25 países do mundo a registar melhorias nos resultados em Matemática. Quem o diz é um dos maiores relatórios de Educação alguma vez realizados pela OCDE, segundo o qual o país subiu 21 pontos desde 2003, naquela que é a disciplina
Versão para impressão
Portugal foi um dos 25 países do mundo a registar melhorias nos resultados em Matemática. Quem o diz é um dos maiores relatórios de Educação alguma vez realizados pela OCDE, segundo o qual o país subiu 21 pontos desde 2003, naquela que é a disciplina com a taxa mais alta de reprovação entre alunos. 
 
No quinto estudo levado a cabo pela OCDE sobre os resultados dos alunos de 15 anos nas áreas da Leitura, das Ciências e da Matemática, Portugal ocupa a 31ª posição entre os 65 países participantes, no que diz respeito ao desempenho na disciplina dos números. A avaliação dá conta de um total de 487 pontos para os estudantes lusos, sendo a média geral de 494. 
 
No sumário executivo do documento, a OCDE destaca que Portugal faz parte do grupo de países, que participando em todas as avaliações desde 2003, apresenta uma melhoria média em matemática de mais de 2,5 pontos por ano.
 
Em termos de conhecimentos de leitura, os portugueses conseguiram um resultado médio de 488, enquanto o nível da média geral se fixou nos 496. O sumário executivo do relatório destaca também que Portugal é um dos países da OCDE que melhorou o desempenho em termos de leitura nas várias avaliações do PISA.
 
Por sua vez, em ciências, os alunos nacionais colocaram o país na 36ª posição, obtendo 489 pontos numa média de 501 nesta área.
 
Entre 2003 e 2012, Itália, Polónia e Portugal foram aqueles que mais participações registaram de melhores desempenhos, conseguindo, simultaneamente, reduzir a parcela de baixo desempenho em matemática.

Quanto aos três primeiros lugares, nas três áreas de conhecimento avaliadas pelo Programa Internacional de Avaliação de Alunos (PISA) – Leitura, Ciências e Matemática -, os mesmos são ocupados por Xangai, Singapura e Hong Kong, na China.
 

O relatório foi elaborado com base na participação de 510 mil estudantes de 15 anos, representativos dos cerca de 28 milhões de estudantes com esta idade que frequentam as escolas dos 65 países participantes no estudo.

Saiba mais AQUI.

Notícia sugerida por Vítor Fernandes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close