Sociedade

Água: Taxa social para famílias com dificuldades

As famílias que tenham dificuldades em pagar as contas da água podem pedir ao operador a atribuição do tarifário social, que se carateriza por valores "significativamente" mais baixos, permitindo evitar atrasos e os eventuais cortes de fornecimento.
Versão para impressão
As famílias que tenham dificuldades em pagar as contas da água podem pedir ao operador a atribuição do tarifário social, que se carateriza por valores “significativamente” mais baixos, permitindo evitar atrasos e os eventuais cortes de fornecimento que, segundo o regulador, têm vindo a aumentar.
 
O alerta foi dado pelo presidente da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Saneamento (ERSAR), Jaime Melo, que sublinhou que, nos últimos anos, foi desenvolvido um conjunto de instrumentos legislativos para ajudar nestas situações.
 
“Os mecanismos existem e devem ser acionados quando necessário”, afirmou, admitindo que as situações de não pagamento de serviços tem aumentado “um pouco” em virtude do período de crise que o país atravessa. 
 
Segundo o responsável da ERSAR, a legislação permite que o corte do serviço aconteça em determinadas situações, como a falta de pagamento, mas “somente após um conjunto de procedimentos dos operadores, nomeadamente dando tempo para que o consumidor regularize a sua dívida” ou encontre uma solução para pagar a conta.
 
Além disso, acrescentou Jaime Melo, desde que sejam cumpridos os critérios relacionados com o rendimento familiar não superior a determinado valor, as famílias em dificuldades podem solicitar que lhes seja atribuído o tarifário social da água. 
 
Assim, explica o presidente, o agregado “deixa de pagar a componente fixa da tarifa, paga apenas a variável, e pelo primeiro escalão, até 15 metros cúbidos”. Há também outras medidas que podem ser adotadas, como os planos de pagamento faseado ou o recurso a programas de apoio à aquisição de bens essenciais.
 
A ERSAR aponta ainda, para combater a dificuldade em liquidar as contas, soluções como a progressiva extinção da cobrança de custos de ligação ao sistema de água, a limitação dos serviços a cobrar autonomamente e a existência de um tarifário progressivo por escalões.  

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close