Ambiente

Abutre-preto volta a Portugal 40 anos depois

O Abutre-preto, uma espécie em perigo critico de extinção, está de regresso a Portugal como nidificante, lê-se no site da Quercus. Esta semana, foram avistadas a voar, pela primeira vez em 40 anos, duas crias de abutre-preto nascidas em território na
Versão para impressão
[Foto © Julius Rückert]

O Abutre-preto, uma espécie em perigo critico de extinção, está de regresso a Portugal como nidificante, lê-se no site da Quercus. Esta semana, foram avistadas a voar, pela primeira vez em 40 anos, duas crias de abutre-preto nascidas em território nacional.

Uma vez que os ninhos foram construídos numa zona de caça, a Quercus considera que esta é a prova de “que é possível compatibilizar a caça com a conservação da natureza, quando a lei e as boas práticas de gestão cinegética são aplicadas”.

O Abutre-preto extinguiu-se como nidificante em Portugal no início da década de 70, devido à perseguição que foi alvo e ao uso de venenos. A destruição de habitat de nidificação também deverá ter contribuído para a sua extinção em Portugal.

No entanto, a espécie manteve-se presente na faixa fronteiriça das regiões Centro e Sul com indivíduos provenientes de Espanha, onde existe uma população de 1 845 casais.

Este ano três jovens casais de Abutre Preto instalaram-se no Tejo Internacional, construindo os ninhos em árvores Azinheiras. Um dos casais não teve sucesso e caiu do ninho no início da época de reprodução. Os outros dois foram bem sucedidos: geraram duas crias.

No passado mês de Junho ambos os ninhos – que podem pesar centenas de quilos – ruíram parcialmente porque as jovens azinheiras não aguentaram o peso. As crias caíram no chão mas foram resgatadas graças a uma intervenção realizada pela  QUERCUS e pelo ICNB – Instituto de Conservação da Natureza e da Biodiversidade.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close