Ciência

8.000ME para apoiar investigação científica europeia

A Comissão Europeia vai destinar 8,1 mil milhões de euros para projetos no domínio da inovação e da investigação que deverão aumentar a curto-prazo os empregos disponíveis, gerando o equivalente a 210 mil postos de trabalho.
Versão para impressão
A Comissão Europeia vai destinar 8,1 mil milhões de euros para projetos no domínio da inovação e da investigação que deverão aumentar a curto-prazo os empregos disponíveis, gerando o equivalente a 210 mil postos de trabalho. Trata-se do maior pacote de apoio de sempre neste âmbito e foi apresentado esta segunda-feira em Bruxelas.
 
Depois de, na cimeira realizada no final de Junho, “os líderes da UE terem sublinhado a importância da investigação e da inovação no Pacto para o Crescimento e o Emprego”, a Comissão indicou que a maior parte de convites à apresentação de propostas para beneficiar de financiamentos será publicada hoje, 10 de Julho, seguindo-se outros mais específicos a publicar no Outono.
 
Segundo o executivo comunitário, estão disponíveis, no total, 8,1 mil milhões de euros “que irão apoiar projetos e ideias destinados a dinamizar a competitividade da Europa e responder a desafios em áreas como a saúde humana e a proteção do ambiente, bem como a encontrar novas soluções para os problemas cada vez mais prementes associados à urbanização e à gestão dos resíduos”. 
 
A Comissão Europeia espera que este montante permita dinamizar investimento público e privado na ordem dos seis mil milhões de euros em investigação, aumentar o emprego – criando mais de 200 mil postos de trabalho – e, num horizonte de 15 anos, gerar um crescimento económico adicional de 75 mil milhões de euros.
 
O financiamento encontra-se aberto a organizações e empresas de todos os Estados-membros e países parceiros e representa o groço do orçamento de 10,8 mil milhões de euros que a União Europeia (UE) quer dedicar á investigação em 2013.
 
O sétimo programa-quadro para investigação e inovação que se encontra atualmente em vigor foi lançado em 2007 e tem uma dotação total de 55 mil milhões de euros para investigação e inovação, tendo apoiado, até hoje, cerca de 19.000 projetos de universidades, centros de investigação e empresas.
 
Até 2013, estima-se que o programa venha a apoiar a carreira de cerca de 55 mil investigadores. De salientar que este novo pacote de apoio faz já a ponte para o programa Horizonte 2020, o próximo programa de financiamento à investigação da UE para o período 2014-2020. 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close