Mundo

50 personalidades ligadas ao Fado vão receber distinção

Assinalando o primeiro aniversário da proclamação do Fado como Património da Humanidade, a câmara municipal de Lisboa distingue, esta terça-feira, 50 personalidades e duas instituições do Fado com a Medalha de Mérito Municipal, grau Ouro.
Versão para impressão
Assinalando o primeiro aniversário da proclamação do Fado como Património da Humanidade, a câmara municipal de Lisboa distingue, esta terça-feira, 50 personalidades e duas instituições do Fado com a Medalha de Mérito Municipal, grau Ouro.

Entre as figuras que vão ser distinguidas estão nomes como os fadistas Mariza e Carlos do Carmo, o diplomata Fernando Andresen Guimarães e os investigadores Rui Vieira Nery e Salwa Castelo-Branco pela sua contribuição na integração do Fado na Lista Representativa do Património Cultural Imaterial da Humanidade.

Outros nomes que ajudaram a compor a história do Fado, e que também serão premiados, são os artistas Fernanda Maria, Fernanda Peres, João Ferreira Rosa, Joel Pina, José Luís Gordo, Maria Amélia Proença, Mário Moniz Pereira e , Mariana Silva, considerada em 1952 “Rainha do Fado Menor”.

O grupo das cinquenta personalidades integra músicos, fadistas, técnicos, poetas e compositores, sendo o guitarrista Raul Nery, falecido em junho passado, o único distinguido a título póstumo.

A cerimónia está marcada para as 18h, no salão nobre dos Paços do Concelho, onde estará presente o presidente da câmara, António Costa.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close