Em Destaque Sociedade

38% dos portugueses acreditam que o amor não tem distância

Connect us é a nova ferramenta de pesquisa da momondo para quem está longe da sua cara-metade.   
Versão para impressão

 

Matar as saudades é sempre melhor do que vê-las crescer. As relações à distância são intensas e encontrar um ponto de encontro conveniente para ambas as partes pode ser uma dor de cabeça. De modo a compreender melhor os hábitos dos europeus quando viajam, a momondo, motor de busca de viagens, hotéis e aluguer de carros, inquiriu mais de 1.000 portugueses acerca das suas relações e romances durante as férias. Para ajudá-los a combater a distância, a momondo lança agora uma nova ferramenta, a Connect us, que facilita a tarefa de juntar quem se ama.

O inquérito revela que os portugueses não se escondem do amor, sendo que mais de metade afirma ter vivido um ou mais romances durante as férias e mais de um terço (38%) que a distância não importa quando se trata de um relacionamento. De acordo com a momondo, 8% dos romances que começam durante as férias dão origem a casamentos ou a relações duradouras.

Analisando os valores gastos durante o namoro, a maior parte dos europeus gastam entre 500€ a 1000€ nos romances de férias, sendo os portugueses mais poupados do que a média. Na verdade, os portugueses são os que gastam menos dinheiro durante o namoro, com 19% a não ultrapassar os 250€.

“Os portugueses são românticos por natureza, acreditam em bonitas histórias de amor e não consideram que a distância comprometa um relacionamento. Na verdade, 24% dos inquiridos que não vivem com a sua cara-metade, estão atualmente numa relação à distância – valor que nos permite afirmar que, numa era em que a Internet dissolve fronteiras geográficas, este tipo de namoro é uma realidade cada vez mais comum, ainda que algo dispendiosa para os portugueses”, afirma Margarida Gameiro, porta-voz da momondo para o mercado português.

Connect us: a ferramenta que aproxima quem está longe da sua cara-metade

 Para utilizar a nova ferramenta Connect us, os utilizadores só têm de introduzir os nomes dos aeroportos de partida e a momondo fará a pesquisa em mais de 200 destinos populares, selecionando os locais mais convenientes para se encontrem a meio caminho.

Os resultados podem ser filtrados por preço e partilhados facilmente através do Facebook, no Messenger ou no mural. A pesquisa também pode ser usada para aqueles que vivem na mesma cidade que o seu amigo/parceiro, para verem os destinos mais baratos para uma escapadinha a dois.

Por exemplo: para duas pessoas que vivam em Lisboa e Berlim, a ferramenta mostra que os voos de ida e volta para uma escapadinha de fim de semana, para Madrid, de 31 de agosto a 2 de setembro, custa apenas 314€. Se dois amigos quiserem descobrir um novo destino num determinado fim de semana, partindo de Lisboa, podem ir até Ponta Delgada, nos Açores, com voos de ida e volta por 236€ a dividir por ambos.

“Estar perto de quem se ama é a base para qualquer relação e, por isso, a momondo procura facilitar ao máximo os encontros daqueles que, por motivos pessoais ou profissionais, estão privados de um contacto diário”, conclui Margarida Gameiro.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Mais recentes

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close