Fitness & Bem-estar

12 dicas para ser mais feliz no trabalho

A propósito do Dia Mundial da Felicidade, que se assinalou este domingo, o Boas Notícias partilha uma lista com 12 dicas simples que podem ajudar os portugueses a serem mais felizes no trabalho.
Versão para impressão
A propósito do Dia Mundial da Felicidade, que se assinalou este domingo, o Boas Notícias partilha uma lista com 12 dicas simples que podem ajudar os portugueses a serem mais felizes no trabalho.
 
A vida profissional ocupa a maior parte dos nossos dias, pelo que é fundamental que nos sintamos felizes e realizados no local de trabalho. Aliás, estudo recentes vieram provar que a felicidade no trabalho está diretamente associada à produtividade

 

Claro que parte desse bem-estar depende de factores externos: dos empregadores, do ambiente entre os colegas ou do valor do ordenado.

Mas a verdade é que cada um tem ao seu alcance pequenas ações que podem tornar a vida laboral mais feliz, como estas que foram compiladas pela consultora Jason Associates:

 
1. Começar o dia a fazer algo que gostamos: vai fazer com que nos sintamos melhor o resto do dia. Podem ser as coisas mais simples, como ir ao ginásio, beber um chá ou café enquanto lemos as notícias, antes de começarmos efetivamente a trabalhar, ou até mesmo apanhar 10 minutos de ar fresco.
 
2. Ajudar um colega: pode parecer senso comum para alguns, ou algo descabido para outros, uma vez que no meio da agitação profissional, pouco ou nenhum tempo nos sobra. Mas há estudos que afirmam que as pessoas mais felizes com o seu trabalho ajudam 33% mais os seus colegas do que as menos felizes.

3. Fazer progressos e reconhecê-los e celebrá-los: quem é que não gosta de ir riscando items de uma to do list? Está provado que o facto de, ao longo do nosso dia, irmos fazendo progressos nas nossas tarefas nos traz uma grande sensação de felicidade, a “sensação de missão cumprida”. Ora, se terminarmos uma tarefa ou projeto é algo que nos traz felicidade, porque não organizar o nosso dia, ou melhor, começando logo pela manhã com, por exemplo, três coisas a terminar, mesmo antes de abrirmos o email ou atendermos um telefonema?
 
4. Terminar o dia com gratidão: ainda que rapidamente estejamos programados para mais facilmente nos lembrarmos de algo mau que nos aconteceu, é sempre melhor pensar na situação positiva e ficar gratos pela mesma. O sentimento de gratidão está claramente associado à felicidade, como tal, por que não, chegar ao fim do dia e apontar algo de bom que tivemos no nosso dia? 
 
5. Sentir que o que fazemos tem significado: trabalhar apenas por trabalhar e garantir o nosso sustento não é algo que, por si só, traga felicidade. Mas trabalhar, sabendo que o nosso trabalho tem um significado e um propósito já é algo diferenciador e criador de motivação.
 
6. Sorrir: sim, é um facto, sorrir traz mais felicidade, mas estar sorridente consegue aumentar ainda mais estes níveis, pois sorrir, mesmo quando, aparentemente não temos motivos, indica ao nosso cérebro que estamos felizes e vai proliferando esse sentimento. Se somarmos a isto o facto do sorriso em si ser contagioso, é fácil perceber porque nos tornará mais felizes no trabalho.
 
7. Manter uma alimentação saudável e beber água: parece conselho de nutricionista, mas o facto é que sendo ou não, está provado que o facto de se manter uma alimentação saudável e ir bebendo água ao longo do dia terá um impacto significativo na energia que temos e precisamos.
 
8. Fazer uma pausa: no meio de tudo o que temos para fazer, terminar e decidir, são muitas as alturas em que saltitamos de uns projetos para os outros, sem ter uma pequena pausa no raciocínio. Este tipo de atitude é contraproducente pois não dá tempo ao nosso cérebro de “mudar o chip” nem para uma pequena pausa antes de retomar o percurso criativo.

9. Não atender o telefone de imediato: este ligeiro compasso de espera faz com que a nossa atitude perante o telefonema seja mais pensada e não tão reativa.

10. Evitar o multitasking: apesar de parecer uma coisa positiva, o multitasking faz com que a nossa atenção se disperse o que tem um impacto negativo na qualidade do que fazemos. É melhor fazermos uma coisa de cada vez.

11. Tomar menos decisões: muitas vezes não damos conta, mas estamos constantemente a tomar decisões e, quem está em cargos superiores de gestão sente isto a uma muito maior escala. Ritualizar algumas práticas pode ajudar a diminuir a pressão da decisão constante. Por exemplo, planear as refeições que vai fazer durante a semana, poupa-nos às decisões sucessivas sobre o tema (Steve Jobs aplicava este tipo de iniciativa à escolha da roupa). O mesmo se pode aplicar a decisões profissionais: definir, à partida, algumas decisões em bloco vai ajudar a que não tenhamos que tomar tantas decisões no mesmo dia, poupando, assim, as nossas energias.

12. Despeça-se: O seu ambiente de trabalho é de cortar à faca? Odeia o que faz? O ordenado é uma miséria? Comece já hoje a procurar outro emprego. Lembre-se que é sempre possível encontrar algum melhor e que traga mais felicidade.

Comentários

comentários

Etiquetas

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close