Mundo

10 milhões para mais eletricidade na Guiné Bissau

Na próxima quarta-feira, o governo da Guiné Bissau assina um acordo de financiamento com a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e a União Económica Monetária da África Ocidental (UEMOA), para fornecer energia elétrica a Bissa
Versão para impressão
Na próxima quarta-feira, o governo da Guiné Bissau assina um acordo de financiamento com a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) e a União Económica Monetária da África Ocidental (UEMOA), para fornecer energia elétrica a Bissau.

A informação é adiantada pelo próprio Ministério da Economia da Guiné. O acordo, no valor de 10 milhões de dólares, será assinado pela ministra da Economia, Helena Embalo, pelo presidente da Comissão da CEDEAO, pelo embaixador James Victor Gbeho, e pelo comissário da UEMOA encarregado do Departamento de Desenvolvimento de Empresas, das Telecomunicações e da Energia, Guy-Amédée Ajanohoun.

“O financiamento, no âmbito da assistência pós-conflito, irá permitir às autoridades fazer face às dificuldades de produção, condução e distribuição de eletricidade, insuficiente no país na última década”, refere o documento enviado pelo ministério à agência Lusa.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close