Saúde

1.500 recebem formação em cuidados paliativos

Mil e quinhentos profissionais da rede de cuidados continuados vão receber formação em cuidados paliativos, através de um protocolo que será assinado esta quinta-feira, entre o Ministério da Saúde e a Fundação Calouste Gulbenkian.
Versão para impressão
Mil e quinhentos profissionais da rede de cuidados continuados vão receber formação em cuidados paliativos, através de um protocolo que será assinado esta quinta-feira, entre o Ministério da Saúde e a Fundação Calouste Gulbenkian.

De acordo com uma nota divulgada ontem pelo ministério, a parceria visa “o alargamento da prestação de cuidados paliativos junto da população”, pelo que serão criadas quatro equipas domiciliárias no Porto, Planalto Mirandês e Mértola.

O protocolo entre a Fundação Calouste Gulbenkian, a Unidade de Missão para os Cuidados Continuados Integrados (UMCCI) e o Instituto Português de Oncologia (IPO) de Lisboa para o desenvolvimento de projetos na área dos cuidados paliativos é assinado hoje no Porto, data em que se celebra o Dia Mundial da Saúde.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close