Ambiente

Vento produziu mais energia que o carvão

Pela primeira vez em Portugal no ano passado a quantidade de energia produzida pelos parques eólicos foi maior que a das centrais de carvão. A chuva de 2010 pôs as barragens a gerar mais eletricidade, o que levou a uma queda do carvão em 45%, o sufic
Versão para impressão
Pela primeira vez em Portugal no ano passado a quantidade de energia produzida pelos parques eólicos foi maior que a das centrais de carvão. A chuva de 2010 pôs as barragens a gerar mais eletricidade, o que levou a uma queda do carvão em 45%, o suficiente para ser ultrapassada pela eólica.

Beneficiando de um ano atípico para a produção térmica baseada no carvão, as eólicas, com um crescimento de 20%, tornaram-se a terceira principal fonte de abastecimento eléctrico de Portugal, apenas atrás da hídrica e das centrais de ciclo combinado a gás natural.

Segundo a notícia avançada pelo jornal Negócios Online, em 2010, os dados da REN – Redes Energéticas Nacionais indicam que os parques eólicos injetaram no sistema eléctrico português 9,03 terawatt hora (TWh).

O volume de produção foi suficiente para abastecer três milhões de consumidores na baixa tensão normal (quase dois terços das famílias portuguesas que este ano pagarão mais 3,8% pela electricidade).

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub