Ambiente

UE reconhece qualidade da água em Portugal

Num relatório revelado na passada quinta-feira em Bruxelas, mais de 98% das zonas balneares portuguesas são avaliadas com a nota máxima da União Europeia (UE) no que toca à qualidade da água. Segundo o mesmo estudo, estes valores são superiores à méd
Versão para impressão
Num relatório revelado na passada quinta-feira em Bruxelas, mais de 98% das zonas balneares portuguesas são avaliadas com a nota máxima da União Europeia (UE) no que toca à qualidade da água. Segundo o mesmo estudo, estes valores são superiores à média apresentada pelos restantes países analisados.

O relatório anual é da responsabilidade da Comissão Europeia e da Agência Europeia do Ambiente e assinala que “quase todas as estâncias balneares costeiras de Portugal, Chipre, França e Grécia cumpriram os valores indicativos mais rigorosos”.

No nosso país foram recenseadas 540 zonas balneares durante o ano transato, das quais 443 são costeiras ou em estuários de rios, e 97 em zonas interiores. 98% dessas zonas balneares costeiras e 90% das zonas de água doce cumprem as normas mínimas europeias mais rigorosas.

Citado pelo jornal Público, o comissário europeu para o Ambiente, Janez Potocnik, sublinha a necessidade de continuar a preservar os recursos marítimos da Europa: “Apesar do nosso historial de uma década de elevada qualidade, precisamos de continuar a envidar esforços constantes, tanto para melhorar como para manter os êxitos conseguidos”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório