Ambiente

UE reconhece qualidade da água em Portugal

Num relatório revelado na passada quinta-feira em Bruxelas, mais de 98% das zonas balneares portuguesas são avaliadas com a nota máxima da União Europeia (UE) no que toca à qualidade da água. Segundo o mesmo estudo, estes valores são superiores à méd
Versão para impressão
Num relatório revelado na passada quinta-feira em Bruxelas, mais de 98% das zonas balneares portuguesas são avaliadas com a nota máxima da União Europeia (UE) no que toca à qualidade da água. Segundo o mesmo estudo, estes valores são superiores à média apresentada pelos restantes países analisados.

O relatório anual é da responsabilidade da Comissão Europeia e da Agência Europeia do Ambiente e assinala que “quase todas as estâncias balneares costeiras de Portugal, Chipre, França e Grécia cumpriram os valores indicativos mais rigorosos”.

No nosso país foram recenseadas 540 zonas balneares durante o ano transato, das quais 443 são costeiras ou em estuários de rios, e 97 em zonas interiores. 98% dessas zonas balneares costeiras e 90% das zonas de água doce cumprem as normas mínimas europeias mais rigorosas.

Citado pelo jornal Público, o comissário europeu para o Ambiente, Janez Potocnik, sublinha a necessidade de continuar a preservar os recursos marítimos da Europa: “Apesar do nosso historial de uma década de elevada qualidade, precisamos de continuar a envidar esforços constantes, tanto para melhorar como para manter os êxitos conseguidos”.

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close