Negócios e Empreendorismo

Siemens quer criar 325 postos de trabalho em Portugal

Segundo a edição de sexta-feira do Jornal de Negócios, a deslocalização de uma parte da produção da fábrica da Siemens em Leipzig, pode beneficiar a subsidiária portuguesa, transferindo 325 postos de trabalho para Portugal.
Versão para impressão
Segundo a edição de sexta-feira do Jornal de Negócios, a Siemens está a estudar a deslocalização de uma parte da produção da fábrica de Leipzig, na Alemanha, para Portugal o que pode beneficiar a subsidiária portuguesa, transferindo 325 postos de trabalho para o nosso país.

A Siemens Portugal, que conta com duas unidades de produção no país, é uma das hipóteses que o grupo alemão está a estudar no quadro de deslocalização de 80% da mão-de-obra da fábrica de Leipzig.

Além da expansão da empresa em Portugal, esta oportunidade pode ajudar a potenciar o aumento das exportações da subsidiária, já que a área de produção de quadros elétricos se destina, fundamentalmente, ao mercado exterior.

Segundo o Jornal de Negócios, outras subsidiárias da Siemens estão a ser analisadas, como é o caso da Turquia, onde a empresa tem igualmente uma unidade de produção de quadros elétricos.

A multinacional está em processo de reestruturação devido a uma quebra na procura, sobretudo da parte da China, que é um mercado central para o grupo.

Notícia sugerida por Carla Neves e Vítor Fernandes

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub