Negócios e Empreendorismo

Siemens quer criar 325 postos de trabalho em Portugal

Segundo a edição de sexta-feira do Jornal de Negócios, a deslocalização de uma parte da produção da fábrica da Siemens em Leipzig, pode beneficiar a subsidiária portuguesa, transferindo 325 postos de trabalho para Portugal.
Versão para impressão
Segundo a edição de sexta-feira do Jornal de Negócios, a Siemens está a estudar a deslocalização de uma parte da produção da fábrica de Leipzig, na Alemanha, para Portugal o que pode beneficiar a subsidiária portuguesa, transferindo 325 postos de trabalho para o nosso país.

A Siemens Portugal, que conta com duas unidades de produção no país, é uma das hipóteses que o grupo alemão está a estudar no quadro de deslocalização de 80% da mão-de-obra da fábrica de Leipzig.

Além da expansão da empresa em Portugal, esta oportunidade pode ajudar a potenciar o aumento das exportações da subsidiária, já que a área de produção de quadros elétricos se destina, fundamentalmente, ao mercado exterior.

Segundo o Jornal de Negócios, outras subsidiárias da Siemens estão a ser analisadas, como é o caso da Turquia, onde a empresa tem igualmente uma unidade de produção de quadros elétricos.

A multinacional está em processo de reestruturação devido a uma quebra na procura, sobretudo da parte da China, que é um mercado central para o grupo.

Notícia sugerida por Carla Neves e Vítor Fernandes

Comentários

comentários

PUB

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais aqui.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close